Como usar as cortinas como objetos de decoração em cada cômodo da sua casa!

Que as cortinas são um verdadeiro charme todo mundo sabe. Seja de seda, voil, linho, sarja ou mesmo aquela cortina de crochê feita à mão. As cortinas podem mudar completamente o ambiente da casa, mas desde que sejam utilizadas de maneira correta e estejam em harmonia com o resto da decoração do lugar.

Pode cortinas em todos os cômodos da casa sim!

Você também ama cortinas e acha que são peças essenciais na decoração do seu lar? Então vem acompanhar este conteúdo recheado de inspirações e aprenda a usar e abusar destes objetos sem medo de cometer erros!

Cortinas na sala de estar

Há dois locais na casa onde é mais comum o uso das cortinas. Os quartos e a sala de estar. Seja para cobrir aquela porta de vidro ou janela enorme, reduzir a incidência de luz do sol, ou mesmo apenas para dar aquele embelezamento, são objetos indispensáveis!

A sala de estar é sem dúvidas o local mais visitado da casa. É na sala de estar que recebemos as visitas, sentamos para ler um livro ou assistir TV, e geralmente é o primeiro lugar em que entramos quando chegamos de algum lugar.

Não há cores e muito menos tecidos específicos para as cortinas da sala de estar, tudo depende das cores e modelos dos móveis do cômodo, as cores, estampas e tecidos dos sofás e poltronas, as características dos tapetes e demais objetos de decoração.

Sua sala pode ser despojada, moderna, retrô ou clássica, art decó ou o que você quiser! Não importa o gosto, sempre é possível encontrar um lugarzinho para aquela cortina que você amou!

Confira abaixo algumas imagens de salas de estar com cortinas e se inspire!

cortinas
(Fonte: Pinterest)
cortinas
(Fonte: Pinterest)
cortinas
(Fonte: Pinterest)

Cortinas na sala de jantar

Nem todas as casas tem um cômodo designado apenas para ser a sala de jantar.

Algumas pessoas conseguem unir a sala de estar e a sala de jantar num mesmo cômodo, então se este é o seu caso, você pode aproveitar tanto estas novas dicas quanto as dicas do item acima e arrasar na escolha das suas cortinas.

Fique atento à harmonia do ambiente!

Você não precisa de uma cortina com as mesmas cores da toalha de mesa, e muito menos do tapete (caso haja), mas não ficaria nada agradável uma cortina amarela, com uma toalha de mesa rosa e um tapete verde água em uma sala de jantar com móveis rústicos, não é mesmo?

Note que o ambiente por si só possui um tom mais sereno, mais iluminado e que a cortina mantém harmonia com o restante dos móveis e objetos de decoração, como o abajur e o centro de mesa.

É muito comum encontrar diferentes tamanhos de cortina para sala de jantar. A escolha depende do tamanho do vidro, ou porta, onde você colocará a cortina.

Se sua sala de jantar tiver uma janela enorme, ou portas de vidro que dão acesso ao cômodo, opte por cortinas mais compridas. Porém se a sua janela for pequena, aposte nas cortinas menores, que cubram apenas os vidros.

 

cortinas
(Fonte: Pinterest)

Cortinas na cozinha

O local da casa preferido por todos é a cozinha! E não é para menos, não é? Quem não ama aquele cheirinho de pão assando no forno, ou do almoço quase pronto em uma tarde de domingo?

Uma boa ideia é deixar este espaço ainda mais aconchegante com cortinas que combinem com ele e sejam também a sua cara!

As dicas são basicamente às mesmas da sala de jantar, tente combinar o tecido, a cor e estampa de suas cortinas com os móveis do cômodo.

O tamanho da sua cortina segue a mesma regrinha citada no item acima. Se suas janelas forem muito grandes, ou a porta da sua cozinha for de vidro, opte por uma cortina mais longa, caso o contrário não é necessário.

Mas não se prenda apenas às janelas e portas! Use e abuse também das cortininhas na sua cozinha.

Você pode usar cortinas menores para cobrir apenas a janela da cozinha, ou mesmo pendurar embaixo da pia. Pode apostar que ficará um charme!

cortinas
(Fonte: Pinterest)
cortinas
(Fonte: Pinterest)
cortinas
(Fonte: Pinterest)

Cortinas no banheiro

O uso de cortina em banheiro não é muito convencional, mas muita gente ainda acha uma graça!

Com exceção das cortinas que escondem a banheira ou o espaço do chuveiro, não se assuste se você encontrar uma cortininha de renda cobrindo a janela do cômodo.

E não tem problema algum! Uma cortina que combine com as cores do azulejo e a decoração do ambiente com toda a certeza será uma peça essencial na composição espaço.

cortinas
(Fonte: Pinterest)
cortinas
(Fonte: Pinterest)

Cortinas no quarto

Depois da sala de estar, o lugar onde mais utiliza-se cortinas é no quarto. Pode cortinas de todos os tamanhos, cores, tecidos e estampas!

O segredo é abusar da sua criatividade, do bom gosto e deixar que a cortina seja o toque final na decoração do ambiente.

Cortinas com tecidos grossos, pesados ou com cores fortes, trazem a sensação de um ambiente mais quente e aconchegante, sendo ideais para o inverno.

Tecidos claros e finos, trazem leveza ao quarto e são ótimas para amenizar a claridade do quarto,mas ainda permitem um pouco de luz, ou seja, são perfeitas para compor um lugar relaxante!

 

cortinas
(Fonte: Pinterest)

Cortinas no quarto infantil

Quando se fala  em quarto infantil, alguns detalhes devem ser observados. Tipo do tecido e comprimento devem receber atenção não apenas pela estética, mas saúde dos pequeninos.

Tecidos sintéticos, geralmente possuem cheiro forte e são mais difíceis de limpar, neste caso, tecidos naturais,como o algodão, são mais indicados e evitam alergias.

O voil, um tipo de tule fino, também evita o acúmulo de sujeira, e traz delicadeza ao quarto das crianças.

Para este ambiente, está liberado o uso de cortinas com cores alegres, que ajudam na composição de uma decoração divertida e são o item de destaque dos quartos.

cortinas
(Fonte: Pinterest)

Cortinas no quarto do bebê

Aqui a regra é a mesma: atenção ao tecido e comprimento das cortinas que decoram o quarto do bebê!

Tecidos sintéticos ou muito longos, devem ser evitados, pois acumulam pó e tem cheiro forte. O tecido também é importante no controle de luminosidade do quarto.

Bebês são sensíveis ao excesso de luz, e isso pode ser resolvido com cortinas de sarja, algodão ou seda.

Já no caso de ambientes que necessitem de mais passagem de luz natural, cortinas de chiffon e voil são as melhores opções.

Para o quarto dos bebês,o uso de tons pasteis e cores suaves são indicadas para trazer tranquilidade ao ambiente, além de facilitar a combinação com móveis e outros itens da decoração.

É importante observar se ao engatinhar, a criança não tropeça na barra da cortina, ou puxa ela ao tentar se apoiar. Cortinas de comprimento menor são ideais para evitar acidentes.

Limpar a cortina pelo menos uma ou duas vezes por semana, e ter mais de uma cortina, para trocar de acordo com a estação do ano, ajudando a manter  a temperatura do quarto, é fundamental para a saúde do seu bebê!

cortinas
(Fonte: Pinterest)

Gostou das nossas dicas? Agora você já sabe como trazer mais personalidade e compor a decoração perfeita do seu ambiente!

Cortinas, além de funcionais, são a aposta certa para deixar sua casa linda.  Esperamos que sua casa fique bonita e aconchegante. Até a próxima!

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*